Com prefeito foragido, vice assume o comando da Prefeitura de Borba

Prefeito interino de Borba, Zé Pedro, assumiu o comando do município devido ao afastamento de Simão Peixoto decretado pela Justiça (Foto: Facebook/Perfil de Zé Pedro)

O vice-prefeito do município de Borba, Zé Pedro (PSD), tomou posse como prefeito interino pelos próximos 90 dias. A cerimônia foi realizada na noite deste sábado (27), na Câmara municipal, em meio a tumultos de populares e de políticos que fazem oposição ao prefeito Simão Peixoto, afastado do cargo pela Justiça do Amazonas por suspeita de corrupção.

A sessão foi comandada pelo presidente da Câmara, Miguel Lima, aliado de Simão. Foi ele quem entregou o termo de posse ao vice Zé Pedro, que nesse momento foi aplaudido por dezenas de populares que acompanhavam a cerimônia.

Durante discurso, o prefeito interino disse lamentar “pelas famílias que estão lá naquela situação”. Além de mandado de prisão contra o prefeito Simão Peixoto, a Justiça determinou o mesmo contra outras dez pessoas, incluindo a primeira-dama, Aldine Mirella, familiares, servidores e empresários da cidade.

“Lamento profundamente pelas famílias que estão lá naquela situação. Não é culpa minha. Mas eu, dia 1º de janeiro de 2021, fiz um juramento também, porque se chegasse uma consequência igual a essa como estamos vivendo, eu estava firme para defender os interesses não deles, mas do meu povo que tão espera por mim agora. O fardo vai ser grande, mas quero muito lutar”, disse Zé Pedro.

Zé Pedro fez questão de chamar todos os vereadores pelo nome e disse que estará presente com frequência na Câmara Municipal. “Quero muito contar, vai ser muito comum vocês me verem aqui nessa Casa, pedindo socorro, porque eu não sei de tudo e venho atrás do socorro de vocês”, afirmou.

Tumulto

Durante a sessão, a vereadora que faz oposição a Simão Peixoto, Tatiana Franco, pediu a palavra. O presidente da Câmara, Miguel Lima, negou. Nesse momento, houve tumulto de populares, que pediam para que a vereadora tivesse um espaço para se pronunciar. O pedido foi negado novamente e a sessão encerrada.

Mesmo assim, a vereadora levantou da cadeira onde estava e caminhou até o meio do salão. Os vereadores e o prefeito interino, que já estavam saindo, pararam para ouvir. Ela iniciou a leitura do discurso que havia escrito e declarou apoio a Zé Pedro.

“Borba está na UTI e precisamos de socorro, por isso, Zé Pedro, conte comigo para irmos em busca de apoio junto ao governo do estado e firmar parcerias para a reconstrução do nosso município. Por isso, José Pedro, não temas, pois Deus é com você”, disse, sendo aplaudida em seguida pelos populares.

Ainda não há informações sobre o paradeiro do prefeito Simão Peixoto e a primeira-dama, que são considerados foragidos. A reportagem procurou a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) neste domingo para saber atualizações, mas não houve retorno até o momento.

Por A Crítica

Compartilhe :

WhatsApp
Facebook
Telegram
Twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas notícias
Categorias

Subscribe our newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.