Dupla investigada por transmitir HIV para crianças e adolescentes é considerada foragida da Justiça

Rodrigo Wenderson Nunes dos Santos e Victor Igor dos Santos foram presos temporariamente no dia 10 de maio, mas foram postos em liberdade no dia 10 deste mês

O técnico em edificações Rodrigo Wenderson Nunes dos Santos, 31 anos, e o técnico em enfermagem Victor Igor dos Santos, 21 anos, são considerados foragidos da Justiça, informou a Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), na noite desta terça-feira (11). Os dois suspeitos foram presos temporariamente no dia 10 de maio no âmbito da Operação Carimbadores, por abusar sexualmente de crianças e adolescente e transmitir o Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV) as vítimas. 

Nas investigações da Depca, Rodrigo e Victor Igor, se autodenominavam carimbadores e cometiam os abusos sem o uso de preservativos com o intuito de contaminar as vítimas. Segundo a delegada de polícia civil, Joyce Coelho, que conduziu as investigações na época em que os dois foram presos, os suspeitos praticavam o ato criminoso em banheiros públicos e privados. E existe indícios de vítimas intrafamiliar. A pratica criminosa já ocorria há dois anos, segundo as investigações. 

Na manhã do dia 10 de maio, foram cumpridos mandados de prisão temporária contra Rodrigo e Victor Igor, além de mandados de busca e apreensão na casa onde moravam. O prazo para conversão em preventiva se encerrou e os dois foram postos em liberdade. “Com base nas provas colhidas durante as investigações, a Justiça do Amazonas decretou novamente a prisão de Rodrigo Wenderson e Victor Igor”, informou a delegada Juliana Tuma, atual titular da Depca.

Disque-denúncia 

A PC-AM solicita a quem saiba o paradeiro dos infratores, que as informações sejam repassadas para os números (92) 99962-2441, disque-denúncia da Depca, ou pelo 181, da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-AM). “A identidade do denunciante será mantida em sigilo”, afirmou a autoridade policial.

Por A Crítica

Compartilhe :

WhatsApp
Facebook
Telegram
Twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas notícias
Categorias

Subscribe our newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.