Durante o final de semana, ações da Operação Fronteira Mais Segura geraram mais de R$320 mil em prejuízo ao crime

As ações foram realizadas em Rio Preto da Eva, Barreirinha e Coari

Três pessoas foram presas, entre sexta-feira (22/03) e a manhã desta segunda-feira (25/03) em distintas ações no interior do Amazonas, durante a Operação Hórus/Fronteira Mais Segura, coordenadas pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-AM), que resultaram em um prejuízo de R$ 320 mil ao crime organizado.

As prisões aconteceram nos municípios de Rio Preto da Eva (a 57 quilômetros de Manaus), Barreirinha (a 331 quilômetros de Manaus) e Coari (a 363 quilômetros de Manaus).

No Rio Preto da Eva, um homem foi preso, na manhã de sábado (23/03) por tráfico de drogas. Conforme o relatório, os policiais das Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam), avistaram o homem em atitude suspeita. Durante a abordagem, os agentes apreenderam 11 porções de maconha, seis porções de cocaína, três porções de oxi e três balanças de precisão.

O homem foi preso em flagrante e encaminhado para o 36° Distrito Integrado de Polícia (DIP).

Em outra ocorrência, no município de Barreirinha, um homem foi preso por roubo, na tarde de sexta-feira (22/03). Segundo os policiais, a equipe de serviço foi acionada após receberem denúncia de que o suspeito havia roubado eletrodomésticos de uma residência.

Ao chegar à casa do homem, os agentes encontraram todo o material e encaminharam o homem para a delegacia do município. Ele irá responder por roubo.

As equipes da Base Fluvial Arpão I apreenderam, na noite de domingo (24/03), seis quilos de maconha do tipo skunk, após abordarem a embarcação FB Sumaúma, oriunda de Tabatinga (a 1.108 quilômetros de Manaus).

Durante a vistoria, a cadela Athena, da Companhia Independente de Policiamento com Cães (CipCães), sinalizou que havia drogas no interior de uma mala. Ao verificar, os policiais encontraram os entorpecentes, que causaram um prejuízo de R$ 120 mil ao crime. Um homem também foi preso na ação.

Ainda na Base Arpão I, a embarcação FB Leão de Judá, oriunda de Tefé (a 523 quilômetros de Manaus), foi abordada na manhã desta segunda-feira (25/03). Durante a revista, a cadela Luna indicou que dentro de dois collers que estavam armazenados no frigorífico da embarcação havia entorpecentes. Ao abrir o objeto, os policiais apreenderam nove tabletes de maconha do tipo skunk. O material apreendido foi avaliado em R$ 200 mil.

Por Agência Amazonas

Compartilhe :

WhatsApp
Facebook
Telegram
Twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *