Juiz é detido suspeito de agredir esposa no interior do AM

Um inquérito policial foi instaurado e o procedimento foi encaminhado ao Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região, que repudiou o ato de violência praticado pelo magistrado.

O juiz do Trabalho Eduardo Miranda Barbosa Ribeiro, de 58 anos, foi detido em Parintins, no interior do Amazonas, após agredir a esposa, de 31 anos. O caso aconteceu na região central da cidade, no início da noite de domingo (26). O g1 tenta contato com a defesa do magistrado.

Segundo a Polícia Militar, testemunhas que presenciaram a agressão acionaram os agentes. Após a chegada dos policiais, o juiz foi levado para a 3ª Delegacia de Polícia, onde foi ouvido e em seguida liberado.

Um inquérito policial foi instaurado e o procedimento foi encaminhado ao Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região, com sede em Manaus, conforme prevê a prerrogativa de foro do magistrado.

De acordo com a Polícia Civil do Amazonas, o caso é investigado em sigilo, por solicitação da vítima.

Em nota, o presidente do TRT da 11ª Região, desembargador Audaliphal Hildebrando da Silva, se pronunciou sobre o caso e disse que a “conduta relatada é incompatível com os princípios éticos e morais que regem a magistratura e, consequentemente, com os valores defendidos por essa instituição do Poder Judiciário Trabalhista”.

“O TRT rechaça todo tipo de violência contra as mulheres e informa que possui uma atuação firme, com adoção de medidas e políticas de combate à violência doméstica e familiar”, continuou o desembargador.

Ainda conforme o desembargador, o caso será encaminhado à Corregedoria do Tribunal e também ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Por g1 Am

Compartilhe :

WhatsApp
Facebook
Telegram
Twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas notícias
Categorias

Subscribe our newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.