Secretário de Meio Ambiente do AM diz que qualidade do ar em Manaus deve continuar péssima até dezembro

Eduardo Taveira disse que fumaça que atinge capital é causada por incêndios florestais no Pará.

O secretário de Meio Ambiente do Amazonas, Eduardo Taveira, disse na manhã deste sábado (4) que a qualidade do ar em Manaus deve continuar ruim até dezembro. Neste sábado, a cidade vive o ápice da segunda onda de fumaça e o ar é considera horrível em toda a cidade.

A capital do Amazonas é o epicentro de uma grave crise ambiental que atinge todo o estado. O problema é potencializado pelas queimadas que, em todo o Amazonas, somam mais de 15 mil nos últimos três meses. Outubro, inclusive, foi o pior mês em relação aos incêndios dos últimos 25 anos. Com o problema, o governo do estado decretou emergência ambiental.

Em entrevista, Taveira voltou a dizer que o problema enfrentado pelos amazonenses é causado por queimadas no Pará.

“Esse problema está sendo causado pelos incêndios no Oeste do Pará. A corrente de vento é formada sobre o Oceano e vem para o continente. Logo, essa massa de ar é empurrada para o Amazonas. Você pode perceber que todos os municípios dessa região estão com focos de calor, então isso impacta diretamente o Amazonas porque é arrastado para cá”, explicou.

Compartilhe :

WhatsApp
Facebook
Telegram
Twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas notícias
Categorias

Subscribe our newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.