Senador Omar destaca rapidez do Governo Lula na liberação de R$ 650 milhões em auxílio para a seca no Amazonas

Parlamentar se reuniu com vice-presidente da República e também voltou a cobrar agilidade nos estudos que travam a BR-319

Foto: Ariel Costa

Em reunião realizada com o vice-presidente Geraldo Alckmin nesta quarta-feira (18), o senador Omar Aziz (PSD-AM) discutiu as dificuldades enfrentadas pela população amazonense com a estiagem e buscou alternativas para trazer mais recursos ao Estado. O parlamentar elogiou a rapidez com que o Governo Federal liberou mais R$ 650 milhões ao enfrentamento da pior seca registrada na história do Amazonas.

“Nós nunca tivemos uma resposta tão rápida do Governo Federal e em quantidade tão grande de recursos destinados ao estado do Amazonas, na seca ou na cheia. E esses recursos vão fazer com que chegue a ajuda essa população que mais precisa. Estão incluídas nessas ações o adiantamento do pagamento do Bolsa Família, o pagamento do seguro defeso para os pescadores e outras medidas para auxiliar nas dificuldades enfrentadas por muitas comunidades. A gente está aqui para ajudar, estamos fazendo nossa obrigação e o resultado é levar mais recurso para a população que mais precisa”, afirmou Omar.

O governador do Amazonas, Wilson Lima, o prefeito de Manaus, David Almeida e os membros da Bancada Federal do Amazonas também participaram do encontro, abordando principalmente a problemática do isolamento causado pela falta de rodovias terrestres trafegáveis no período em que a seca impede a navegação das tradicionais embarcações que atendem o interior e a capital. Além da prevenção das queimadas e dos desafios da navegação nos rios do Amazonas, Omar voltou a bater na tecla da necessidade de agilizar os estudos para tirar do papel projetos como a BR-319.

“É importante que esse estudo que o presidente Lula determinou que fosse realizado seja feito o mais rápido possível. Não é uma vaidade nossa ter a estrada. Agora mesmo você vê que algumas indústrias no Amazonas podem parar por falta de insumos que poderiam chegar através da BR-319. A gente já sobreviveu outras crises, vamos sobreviver a essa também e espero que agora a gente possa adiantar esses estudos e conseguir realizar o sonho de todo amazonense que é ter a rodovia trafegável”, apontou Omar.

Compartilhe :

WhatsApp
Facebook
Telegram
Twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas notícias
Categorias

Subscribe our newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.