Taxação reduz gastos de brasileiros na Shein e na Shoppe em US$ 237 milhões

Total de compras caiu de US$ 938 milhões em março para US$ 701 milhões em abril; queda em 12 meses foi de 20%

Foto: Divulgação

As discussões em torno da nova taxação voltada às compras realizadas no exterior, principalmente em empresas como SheinShopee e AliExpress, já está afetando o setor.

Casa da Praia Zezinho Corrêa – Vista Rio Café Banner

De acordo com dados divulgados pela Vixtra, fintech de comércio exterior, com base em informações do Banco Central, o consumo de brasileiros nessas plataformas recuou 25% em relação aos valores vistos em março. Isso representou um recuo de US$ 237 milhões no montante transacionado, que caiu de US$ 938 milhões em março para US$ 701 milhões em abril.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Portal no Whatsapp

Em comparação ao mesmo período do ano passado, as compras recuaram 20%, representando uma perda de aproximadamente US$ 177 milhões para as companhias.

Um dos principais motivos para a queda, além do medo de receber uma conta mais alta na chegada do produto, é a falta de atratividade em relação aos preços. Isso porque a possibilidade de um aumento de impostos impacta diretamente no preço final do produto.

Para Leonardo Baltieri, co-CEO da Vixtra, a desaceleração não prejudica só o público consumidor, mas também as empresas brasileiras. “Embora um dos maiores prejudicados seja o público e as plataformas, há outros agentes que também podem ser impactados, ainda que em menor proporção. É o caso do setor de logística e transportes, uma vez que a demanda por entregas desses produtos diminui”, afirma.

Por: Forbes

Compartilhe :

WhatsApp
Facebook
Telegram
Twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas notícias
Categorias

Subscribe our newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.