Na Arena da Amazônia, Manauara e Nacional ficam no 0 a 0 pela segunda rodada do Barezão 2024

Goleiros Jonathan e Robson foram os destaques da partida e evitaram que o placar saísse do 0 a 0

Empate amargo. Em jogo válido pela segunda rodada do Barezão, Manauara e Nacional ficaram no 0 a 0, na tarde desta quarta-feira (24), no estádio da Arena da Amazônia. As duas equipes até tentaram, mas contaram com as defesas milagrosas dos goleiros  Jhonatan e Robson. 

Na terceira rodada, o Manauara joga contra o Manaus, no próximo domingo, às 15h30, no estádio da Colina. O Nacional enfrenta o Princesa do Solimões, no sábado, às 15h30, no mesmo local.

O jogo 

No começo da partida as duas equipes estavam se expondo muito jogo, com chances claras de gols por ambos lados. Logo aos 3 minutos, o atacante azulino Vitinho avançou pelo lado direito e lançou a bola dentro da área com cabeceio, mas o goleiro Jonathan defende. Logo em seguida o Robô respondeu após o atacante  Markinho avançar pela esquerda de ataque, tentou cruzar, mas o zagueiro Ivanzinho afastou.

Aos 7 minutos quase o time laranja e preto abre o placar. O defensor Jonathan Moc cruza a bola para o atacante Sacramento, que sozinho, perde um gol de cabeça. 

O paredão do Leão da Vila Municipal fez milagre aos 10 minutos. Atacante Tcharles recebeu a sobra da bola e entrou na área sem chances de finalizar.

Aos 24 o defensor Cássio avançou pela esquerda de ataque, cruzou, mas o arqueiro Jonathan defendeu com segurança.

Aos 31 minutos, Jonathan Moc cruzou e foi bloqueado pelo zagueiro Marcão que joga pela linha de fundo.

Quem sabe na cobrança de falta. Aos 35 minutos, o atacante do naça Tcharles cobra falta, a zaga do Robô tira e, Rogério pega rebote e manda para fora.

Aos 40, Sacramento domina entre dois zagueiros, mas Ivanzinho chega de cobertura e bora pela linha de lado. A reposta do Nacional veio com o Cássio, ele avançou pela esquerda, bateu cruzado e Jhonatan defende. 

Na reta final de primeiro tempo, ambas equipes até tentaram sair com placar na frente. Porém, foram para o vestiário no 0 a 0.

Segundo tempo 

No intervalo ambos técnicos voltaram com seus respectivos times alterados. Aos 7 minutos, Maikynho dominou dentro da área do Naça, mas na hora do chute alongou demais a bola e foi travado. A resposta veio logo em seguida com o atacante Rogério tabelando com Igor dentro da área, mas a zaga fez o corte. 

Rogério não desistiu e uma roubada de bola cruzou para Raimudinho fazer o cabeceio, mas Jonathan fez grande defesa.

Aos 13, Xandy do Robô cruza, Moller cabeceia e a bola raspa o travessão de Robson.

O Naça pressionava com Raimundinho, quando ele chutou para fora da área e Jonathan defendeu em dois tempos.

Aos 33, Xandy cobrou falta, Moller cabeceiou para meia área, e a zaga do Naça chega afastando. 

Por pouco o Naça não abre o placar. William recebeu dentro da área e chutou de perna esquerda, mas Jonathan estava atento e fez uma defesa com tranquilidade. 

Aos 42, Rogério cruzou na área, Lucas Rex cabeceia forte no canto esquerdo de Jonathan, que faz uma defesaça.

Aos 45, depois de uma disputa na área, a bola sobrou no alto e Joãozinho tentou marcar de bicicleta. A redondinha ia em direção ao gol, mas a zaga do Naça afastou. 

Fim de papo. Mesmo ambas equipes tentando, o resultado ficou no empate.

Ficha Técnica 

Manauara Esporte Clube 0 x 0 Nacional Futebol Clube

Manauara: Jonathan, Daelson, Guilherme Möller, Paulinho, Patrick, Jonathan Moc (Caio Ribeiro), Maykinho (Joãozinho), Éder (Tibúrcio), Sacramento (Neto Oliveira), Jorge, Michel (Xandy). Téc. Dico Woolley. 

Nacional Futebol Clube: Robson, Igor Pupinsk (Igor Quadrado), Ivanzinho, Renilson, Marcão (Lucas Rex), Cássio Rumpel, Peterson, Raimundinho, Vitinho, Rogério Melo e Tcharles (William). Téc. Marcelo Villar. 

Estádio: Arena da Amazônia

Árbitro: Halbert Luis Moraes Baia

Gols: Manauara 0 x 0 Nacional

Matéria da A Crítica

Compartilhe :

WhatsApp
Facebook
Telegram
Twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas notícias
Categorias

Subscribe our newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.