Titular no Amazonas, Jô vive seu melhor momento desde 2021 com o Corinthians

O centroavante de 37 anos ganhou sua vaga de titular há três partidas e é o artilheiro da Onça na Série B

Uma das principais contratações do Amazonas para a temporada, o centroavante Jô tem ganhado a confiança do torcedor aurinegro e espaço na equipe do técnico Rafael Lacerda nas últimas partidas da equipe na Série B. O atacante de 37 anos assumiu a titularidade na 11ª rodada contra o Novorizontino-SP e permaneceu entre os 11 contra o Coritiba-PR e diante o Avaí-SC.

Com seis gols e uma assistência em 25 jogos na temporada, os números já superam os da sua passagem pelo Ceará, onde anotou dois gols em 11 partidas e o último ano de Corinthians, quando fez quatro gols em 19 jogos.  É importante destacar que Jô chegou ao Amazonas com mais de um ano sem atuar. Ele foi anunciado na Onça em janeiro de 2024.

Neste momento, o Amazonas ocupa a 14ª posição da Segundona e somando 16 pontos, três à frente do CRB-AL, a primeira equipe que abre a zona de rebaixamento, mas que ainda conta com duas partidas para realizar. Com três gols e uma assistência na Série B, Jô é o artilheiro da Onça no certame. Empatado com Ênio, o centroavante é o jogador com mais participações em gols do time aurinegro na Segundona.

Foi do atacante ex-Seleção Brasileira o gol da vitória marcado nos acréscimos contra o Brusque-SC, pela 9ª rodada, além da assistência para o gol de Ênio, no 1 a 1 contra o Novorizontino (11ª rodada) e a rede balançada no empate contra o Avaí (13ª rodada), na última apresentação da equipe na Série B.

Semana de trabalho

O Amazonas terá uma semana cheia de trabalho para se preparar antes de enfrentar o Vila Nova-GO, pela 14ª rodada da Série B. A partida acontece na próxima segunda-feira (8), no estádio Carlos Zamith, às 20h e será o oitavo compromisso da Onça como mandante na Série B. A equipe de Rafael Lacerda conquistou todas as suas quatro vitórias no campeonato jogando na capital amazonense.

O Amazonas se reapresenta na tarde desta terça-feira (2) e, de acordo com a assessoria do clube, os jogadores que não atuaram contra o Avaí ou que entraram em campo por 45 minutos ou menos, farão as atividades normalmente, enquanto o restante do grupo fará um trabalho regenerativo na fisioterapia.

Por A Crítica

Compartilhe :

WhatsApp
Facebook
Telegram
Twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas notícias
Categorias

Subscribe our newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.