Motorista de aplicativo baleado na testa durante briga de trânsito morre em hospital de Manaus

Motorista de aplicativo foi socorrido e levado ao Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio, onde morreu na madrugada desta terça-feira (8).

Foto: Rodrigo Santos/SES-AM

O motorista de aplicativo Anderson Filho Parente Gama, de 20 anos, que foi baleado na testa durante uma briga de trânsito, morreu no Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio, Zona Leste de Manaus, na madrugada desta terça-feira (8). O suspeito foi preso em flagrante.

A briga de trânsito aconteceu na tarde de segunda-feira (7), em um posto de combustíveis na Zona Leste de Manaus. Segundo testemunhas, Anderson e outros motoristas de aplicativo discutiram com o suspeito.

Em imagens que circulam nas redes sociais, o homem tenta entrar no carro, mas é agredido pelos motoristas.

Logo depois, o suspeito consegue entrar no veículo, porém, o carro para mais à frente e ele dispara contra o grupo. Um dos tiros atingiu a testa de Anderson.

Ele foi encaminhado em estado grave para o Hospital João Lúcio, também na Zona Leste da capital. No entanto, morreu na unidade de saúde.

O suspeito foi preso em flagrante e encaminhado para o 14º Distrito Integrado de Polícia (DIP) da capital.

Por G1 Amazonas

Compartilhe :

WhatsApp
Facebook
Telegram
Twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas notícias
Categorias

Subscribe our newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.