Vírus HIV: Após 33 anos, homem consegue se curar; entenda o caso

Foto: Reprodução

aul Edmonds, de 67 anos, foi a quinta pessoa do mundo a se curar do HIV. Após um transplante de células-tronco realizado em 2019, ele conseguiu se livrar do vírus com o qual vinha convivendo há 33 anos.

“Perdi muitos amigos, mais do que eu posso contar e este momento é um momento de esperança, mas também de memória por todos aqueles que nós perdemos”.

Paul Edmonds foi curado ao receber um transplante de células-tronco de uma pessoa resistente ao HIV. No mundo existem apenas aproximadamente 1% de pessoas que possuem o gene CCR5, que neutraliza o vírus. O tratamento é muito arriscado e pode levar à morte.

Como funciona a cura

O primeiro caso conhecido de alguém que se curou, o de Timothy Ray Brown, ocorreu em 2009. Os outros quatro de que se tem notícia só foram possíveis mais de uma década depois. No caso de Edmonds, ele já não toma remédios para o HIV há dois anos.

Segundo o hospital City of Hope (Cidade da Esperança, em inglês), onde ele foi tratado, pessoas idosas com HIV costumam desenvolver este tipo de leucemia como consequência de um sistema imune enfraquecido por décadas de luta contra a AIDS.

“Usar a quimioterapia em um paciente como Edmonds, que também tomava as medicações antirretrovirais para pausar o desenvolvimento do HIV, seria um risco porque a quimio também enfraquece o sistema imune. Por isso o hospital começou a oferecer o transplante de células-tronco a pacientes que viviam com ambas as doenças”, explicou o City of Hope, em comunicado.

Por redação do Portal Rio Preto da Eva

Compartilhe :

WhatsApp
Facebook
Telegram
Twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas notícias
Categorias

Subscribe our newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.