3 homens são presos em Rio Preto da Eva; uma das armas apreendidas foi usada em crime recente

As prisões aconteceram no bairro da Paz, rua 31 de março.

Foto: PC-AM

Na manhã desta segunda-feira (7) a Polícia Civil do Amazonas efetuou prisões de 3 homens no município.

Mateus Silva Michiles, Keverson Pereira da Costa e Mateus Souza Corrêa, foram presos em flagrante por volta das 11h da manhã.

Segundo a Polícia Civil, várias denúncias foram feitas de que na rua 31 de março, uma casa azul, estaria sendo usada para tráfico de drogas e os sujeitos estariam usando armas de fogo no ato. Na chegada da equipe, um dos suspeitos estava deitado em uma rede, fazendo vigilância do local.

No momento das prisões, Mateus Souza, foi o primeiro a ser preso em flagrante. Com ele foi encontrado substâncias de entorpecente Oxi, além de uma quantia em dinheiro.

Após o primeiro flagrante, outros dois envolvidos tentaram fugir, jogando armas, munições e drogas pela janela da residência.

Keverson Pereira da Costa, responderá por tráfico de drogas, associação para o tráfico e posse ilegal de arma de fogo de uso retido.

Mateus Souza Corrêa, responderá por tráfico de drogas e associação para o tráfico.

E Mateus Silva Michiles, responderá por tráfico de drogas, associação para o tráfico e posse ilegal de arma de fogo.

Mateus Michiles, assumiu ser dele uma espingarda de cal. 12mm, durante depoimento à polícia e, Mateus Souza, assumiu ser dele a quantia de entorpecente Oxi.

Ainda segundo a PC-AM, todos possuem envolvimento com a guerra entre facções e uma das armas apreendidas foi usada na morte de Ronald Alfaia, no dia 3 de agosto.

Com o primeiro flagranteado, foi apreendido 44 porções de substâncias Oxi, além de 54 reais em espécie.

Com os sujeitos que tentaram fugir, foram aprendidos duas armas de calibre 12 e 9 mm, 50 munições divididas entre 22, 12 e 9mm, 01 balança de precisão e uma porção grande de substância ilícita Oxi.

Com as prisões da PC-AM e PM-AM, durante a semana, já somam 11 prisões de pessoas ligadas ao crime em 6 dias na cidade.

Os envolvidos e toda materialista foram encaminhados ao 36° DIP para a tomada de providências cabíveis.

Por redação do portal Rio Preto da Eva

Compartilhe :

WhatsApp
Facebook
Telegram
Twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas notícias
Categorias

Subscribe our newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.