Após estuprar a filha por quatro anos e ter dois filhos com ela, homem de 53 anos é preso em Manaus

Os crimes aconteceram entre 2005 e 2009

“Começamos a ajudar essa mulher no seu processo de cura”, disse a delegada Juliana Tuma, titular da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente, após prender um homem de 53 anos, condenado a 37 anos de prisão por estuprar a própria filha, que atualmente tem 30 anos. O estupro começou quando a vítima tinha 12 anos, no ano de 2005 e continuou até os 16 anos, no ano de 2009.

Ainda conforme a delegada, os estupros iniciaram após os pais da vítima se separarem e ela passar a morar com o pai, na desculpa que cuidaria dos irmãos caçulas. Além dos estupros, a vítima era agredida e chegou a engravidar duas vezes.

“Ela então deu a luz a uma menina e um menino, que depois, foram utilizados pelo pai, para ameaçá-la e que ela afirmasse que as gravidezes eram fruto de relacionamentos na escola. Inclusive, durante as gestações, ele a agredia e a obrigava a tomar remédios abortivos para interromper as gravidezes”, acrescentou a delegada.

A vítima só conseguiu denunciar os crimes cometidos pelo pai aos 26 anos, quando contou a familiares e pessoas próximas, que a apoiaram durante o processo. Ainda segundo o relato da delegada Tuma, um dos motivos que o pai teria dito para justificar o crime, foi que ele queria saber se a filha ainda era virgem.

“Ele se valeu da autoridade que ele tinha para cometer esse crime e deu essa justificativa inaceitável. Nós já encaminhamos a vítima e também os irmãos que eram torturados por ele, para uma rede apoio, para que alterações psicológicas sejam mínimas”, disse a delegada.

O homem de 53 anos foi encaminhado para a audiência de custódia e posteriormente será encaminhado para uma unidade prisional onde cumprirá a pena de 37 anos em regime fechado.

Por A Crítica

Compartilhe :

WhatsApp
Facebook
Telegram
Twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas notícias
Categorias

Subscribe our newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.