Seis pessoas são presas e menor apreendido por sequestro e estupro de adolescente, em Itacoatiara

De acordo com a Polícia, os detidos seriam integrantes de uma facção e estaria desconfiados que vítima, de apenas 13 anos, teria passando informações para organização criminosa rival

Foto: Divulgação

Seis pessoas, supostos integrantes de uma facção criminosa, foram presas nesta terça-feira (10), por policiais civis da Delegacia Especializada de Polícia (DEP) e Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Itacoatiara. Eles são apontados como envolvidos em um caso de tortura e estupro contra uma adolescente de 13 anos. Na ocasião, um adolescente de 17 anos também foi apreendido.

De acordo com a Polícia Civil, os presos foram identificados como Adriano Gil dos Santos, 21; Elijonison da Mota Torres, 30; Ícaro da Silva Guedes, 18; Jadilson do Nascimento Vieira, 28; José Renato do Nascimento Nogueira, 31; e Marlissa Monteiro Lobão, 18.

Segundo o delegado Paulo Barros, titular da DIP de Itacoatiara, o crime ocorreu no dia 6 de setembro deste ano, no momento em que a vítima foi abordada por Ícaro e este a obrigou a entrar no carro com ele, sob ameaça de morte. A adolescente foi vítima do chamado ‘tribunal do crime’, onde foi torturada e estuprada.“A mãe da adolescente chegou a registrar o desaparecimento dela e, diante disso, iniciamos as diligências para encontrá-la. Na ocasião, ela foi resgatada pela equipe policial da DEP, os autores fugiram e conseguimos efetuar a prisão, em flagrante, apenas de Jéssica Siqueira da Silva”, disse Barros.

O delegado informou que a motivação do fato criminoso teria sido uma suposta desconfiança dos infratores perante à adolescente, que acreditavam que ela estaria repassando informações a um grupo criminoso rival ao deles.

Adriano, Elijonison, Ícaro, Jadilson, José e Marlissa responderão por cárcere privado, tortura, estupro de vulnerável e associação criminosa. Eles ficarão à disposição da Justiça.

O adolescente responderá por ato infracional análogo aos mesmos crimes e ficará à disposição do Juizado Infracional.

Por A Critica

Compartilhe :

WhatsApp
Facebook
Telegram
Twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas notícias
Categorias

Subscribe our newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.