Servidor do TCE-AM é morto após sair de restaurante na zona Centro-Oeste de Manaus

O advogado foi atingido com seis tiros. Ele chegou a ser levado para o Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto, mas não resistiu aos ferimentos.

O advogado e servidor do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE) Erwin Rommel Godinho Rodrigues, de 54 anos, foi morto a tiros ao sair de um restaurante localizado na Avenida Santos Dumont, zona Centro-Oeste de Manaus. Erwin era primo da presidente do TCE-AM Yara Lins.

De acordo com informações da Polícia Militar, Erwin estava em uma reunião no restaurante. Ao sair do local, ele foi surpreendido por um veículo.

O advogado foi atingido com seis tiros. Ele chegou a ser levado para o Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto, mas não resistiu aos ferimentos.

Após o crime, o veículo fugiu do local.

O deputado federal Fausto Júnior, que é filho de Yara Lins, se solidarizou em suas redes sociais, e pediu rigor nas investigações.

“Que Deus cuide de todas as coisas e conforte nossos corações neste momento tão doloroso”, escreveu o parlamentar.

A Comissão de Direitos e Prerrogativas da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-AM) afirmou, em nota, que irá tomar as medidas para apurar a morte do advogado.

O Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) também publicou uma nota de pesar, solidarizando com a família.

O caso deve ser investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Compartilhe :

WhatsApp
Facebook
Telegram
Twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas notícias
Categorias

Subscribe our newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.