Técnico de enfermagem é preso suspeito de estuprar paciente em hospital público, em Manaus

Segundo a polícia, o técnico deveria fazer a troca de curativo da paciente, que havia passado por uma cirurgia, mas usou o momento para cometer o crime.

Hospital João Lúcio — Foto: Rodrigo Santos/SES-AM

Um técnico de enfermagem do Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio foi preso em flagrante, neste sábado (27), por estupro de vulnerável de uma paciente, que tinha passado por cirurgia, dentro da unidade de saúde.

O g1 procurou a Secretaria de Saúde do Amazonas (SES-AM) sobre o caso e aguarda retorno.

De acordo com o delegado do 14º Distrito Integrado de Polícia (DIP), o técnico deveria fazer o trabalho de troca de curativo da paciente, que havia passado por uma cirurgia de retirada de apêndice, mas usou o momento para cometer o crime.

“Ela tinha um curativo na região do abdômen que precisava ser higienizado. Por ocasião da higienização, um técnico de enfermagem foi até seu leito. Ele foi fazer a higienização, mas para que fizesse, pediu que ela abaixasse a calcinha e tocou na genitália da vítima”, contou o delegado.

A vítima, que ainda está internada, contou para um amigo o que tinha acontecido por meio de um aplicativo de mensagens. Revoltado com o crime, ele denunciou o caso no 14º DIP.

O delegado e dois investigadores foram até o Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio e encontraram o suspeito, que tentou fugir da unidade de saúde. “Esse sujeito estava lá e quando nos viu, fingiu que precisava fazer alguma coisa, só não sabia o que, mas ele estava indo em direção a uma fuga, claramente saindo daquele local”.

Ainda internada, a vítima prestou depoimento e confirmou o crime.

“Foi uma manipulação totalmente irregular, que gerou um constragimento na vida, e de fato, ele tocou na genitália da vítima, não foi simplesmente antiético, ele praticou um delito”, declarou o delegado.

Pelo fato da vítima está impossibilitada de reagir e não apresentar resistência, o técnico de enfermagem foi preso em flagrante por estupro de vulnerável. Ele foi conduzido ao 14º DIP, na Zona Leste de Manaus.

Por: G1

Compartilhe :

WhatsApp
Facebook
Telegram
Twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *