Amazonas inclui vítimas de violência sexual em grupo prioritário na vacinação contra o HPV

FVS disse que as vítimas podem procurar unidades de saúde para serem vacinadas.

A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) emitiu, nesta segunda feira (14), uma nota informativa que estabeleceu a inclusão de vítimas de violências sexuais como grupo prioritário para receber a vacinação contra o HPV.

A inclusão se refere a vítimas de violência sexual de 9 a 45 anos de idade que ainda não se vacinaram contra a doença. A nota também informa que a imunização está disponível nas unidades de saúde de cada um dos 62 municípios do Amazonas que é de responsabilidade operacional das Secretarias Municipais de Saúde (Semsa).

Em áreas indígenas, a vacinação é ofertada pelos Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI).

Para o paciente ter acesso ao serviço prioritário de vacinação, é necessário que o indivíduo leve a indicação de vacina com identificação médica.

A diretora-presidente da FVS-AM, Tatyana Amorim, destacou que os profissionais de saúde devem implementar a inclusão do novo grupo prioritário assim que houver o recebimento da nota.

“A vacinação contra o HPV é de extrema importância, devido aos riscos que o vírus representa para a saúde pública. Então, a FVS busca orientar os municípios para que essa ação seja implementada de forma imediata”, disse.

HPV

O HPV (sigla em inglês para Papilomavírus Humano) é um vírus que infecta pele ou mucosas (oral, genital ou anal), tanto de homens quanto de mulheres, provocando verrugas anogenitais (região genital e no ânus) e câncer, a depender do tipo de vírus. A infecção pelo HPV é uma Infecção Sexualmente Transmissível (IST).

Por G1 AM

Compartilhe :

WhatsApp
Facebook
Telegram
Twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas notícias
Categorias

Subscribe our newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.