Celular Seguro: veja como baixar app e bloquear celular roubado

Plataforma lançada pelo MJSP, Celular Seguro facilitará o bloqueio dos aparelhos roubados, furtados ou perdidos

Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) lançou a plataforma Celular Seguro com a promessa de facilitar o bloqueio dos aparelhos roubados, furtados ou perdidos. Com a iniciativa, quem ficou sem o celular poderá bloquear o aparelho, a linha telefônica e os aplicativos bancários em poucos cliques.

O programa Celular Seguro está disponível via aplicativo e plataforma web. Ao alertar sobre o sumiço do aparelho, a iniciativa vai possibilitar o bloqueio do celular e das contas em bancos, e-mails e apps de compras.

Quando o usuário faz a denúncia pela internet ou pelo celular de uma pessoa de confiança previamente cadastrada, as instituições e empresas participantes do projeto recebem um alerta, e a partir disso, cada uma efetuará uma ação.

A iniciativa do MJSP tem como colaboradores a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), diversas instituições financeiras afiliadas à Federação Brasileira de Bancos (Febraban) e entidades privadas. Veja a lista de parceiros que aderiram à iniciativa neste link.

O secretário-executivo do Ministério da Justiça, Ricardo Cappelli, afirmou que o objetivo da iniciativa é transformar o aparelho roubado em “um pedaço de metal inútil”.

“O aparelho celular acabou sendo o principal patrimônio que as pessoas carregam no dia a dia. Não só o aparelho, mas dentro dele embarcado [está] cartão de crédito, dados bancários, dados pessoais”, ressaltou.

Os interessados em utilizar a aplicação poderão fazer o download nas lojas virtuais (App Store e Play Store) ou utilizar a plataforma web disponibilizada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública.

O registro do usuário será feito com a mesma conta utilizada pelo cidadão no gov.br, que já serve para acesso a serviços como o Imposto de Renda. Cada pessoa cadastrada no Celular Seguro poderá indicar pessoas de confiança, que poderão efetuar os bloqueios caso o titular tenha o celular roubado ou furtado.

Confira passo a passo

Instalação e cadastro aplicativo

  • Baixe o aplicativo Celular Seguro na Google Play (Android) ou na App Stores (Iphone);
  • Clique no botão “entrar com gov.br” e você será redirecionado para a página inicial do gov.br, onde poderá fazer o login utilizando seu CPF e senha;
  • Na página seguinte, leia e aceite os termos de uso;

Cadastro de pessoa e aparelho

  • Após realizar o login, o usuário será apresentado a uma tela inicial com três opções de navegação: “pessoas de confiança”, “registrar telefone” e “registrar ocorrência”;
  • Ao clicar em “pessoas de confiança”, é possível cadastrar alguém que eventualmente pode registrar uma ocorrência de perda, roubo ou furto por você. Informe os dados da pessoa e prossiga;
  • Em seguida, clique na opção “registrar telefone”. Não existe limite de quantidade de dispositivos, mas a linha deve estar no CPF de quem cadastrou o aparelho. Preencha formulário com as informações do celular;

Fui roubado. E agora?

  • Em caso de perda, roubo ou furto, você ou uma pessoa de confiança poderá registrar uma ocorrência. É possível fazer isso por meio do site (https://celularseguro.mj.gov.br/) ou do app;
  • Informe se a ocorrência ocorreu no seu telefone ou se é uma pessoa de confiança;
  • Descreva quando, onde e como ocorreu o problema;
  • Ao final da ocorrência, um número de protocolo será gerado. Guarde esse código para atendimento com parceiros.

Confira:

O MJSP destaca que mesmo com o registro no Celular Seguro, o usuário deverá informar a ocorrência às autoridades policiais, operadoras de telefonia e demais participantes do projeto.

Por Metrópoles

Compartilhe :

WhatsApp
Facebook
Telegram
Twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas notícias
Categorias

Subscribe our newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.