Veja quem são os presos do Amazonas que serão transferidos para presídios federais

Entre aqueles que serão transferidos estão alguns dos nomes mais notórios das facções do Estado. Transferência vem depois de decisão do Ministro da Justiça

Lucirle Silva da Conceição, conhecido como Urso Branco, é lider da facção Primeiro Comando da Capital e será um dos transferidos

O líder do Primeiro Comando da Capital (PCC) no Amazonas, Lucirle Silva da Conceição, conhecido como “Urso Branco”, é um dos presos que será transferido para um presídio federal. O anúncio foi feito nesta segunda-feira (24), pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino. 

Urso Branco foi preso em 2021, pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) em um possível resgate do líder máximo do PCC, Marcos Willians Herbas Camacho, o Marcola. Lucirle também é apontado como um dos responsáveis pelos 55 assassinatos ocorridos nas cadeias de Manaus em maio de 2019. Ele também responde a um processo no Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM),  por crime no sistema nacional de armas. 

Outro nome conhecido da polícia que será encaminhado ao presídio federal é o traficante Erik Leal Simões, conhecido como “CD”, um dos chefes do tráfico de drogas no bairro Coroado, Zona Leste da capital amazonense, há muitos anos.  

Segundo investigadores da Polícia Civil, CD ganhou respeito no mundo do crime após a prisão de José Roberto Fernandes, o “Zé Roberto da Compensa” e João Pinto Carioca, o “João Branco”, ambos presos em presídios federais. 

Violento 

O chefe do tráfico no bairro Dom Pedro, Zona Centro-Oeste, Adriano de Souza, o “Thor” é um dos detentos que serão transferidos para presídio federal. Em 2018, ele assumiu que matou um agente de socialização. De acordo com a polícia, “Thor” é envolvido em diversos assassinatos entre a divisa entre o bairro Dom Pedro e o bairro Alvorada. 

Cinta Larga 

Francinaldo dos Santos Silva, conhecido como “Cinta larga”, também é um dos presos do sistema penitenciário do Amazonas com as malas prontas para ir para um presídio federal. Ele já havia sido preso no Rio Grande do Norte, em 2015. Cinta Larga é envolvido com o presidiário Allan César Castimário, conhecido como “Nanico”, que também cumpre pena em um presídio federal. 

Família do Norte 

Conforme informações da polícia, a maioria das “lideranças” que estão sendo transferidas são ex-líderes da facção criminosa Família do Norte (FDN) ou fazem parte do PCC.  

Confira a lista completa: 

  • Lucirle Silva da Conceicao, vulgo “Urso Branco”;
  • Adriano de Souza, vulgo “Thor”;
  • Diego Bruno de Souza Moldes, vulgo “Nariz”;
  • Patrik Regis de Sena, vulgo “Aguero”;
  • Erik Leal Simoes, vulgo “Cd”;
  • Joao Vitor Bernardi Albiero, vulgo “Paulista/Italiano”;
  • Alexandre Alves da Silva, vulgo “Cagão”;
  • Danilo Luciano Machado do Nascimento, vulgo “Mosquito/Tenista”;
  • Danilo Oliveira Duarte, vulgo “Paulistinha”;
  • Jose Eduardo De Abreu Silva, vulgo “Deluk”;
  • Leonardo da Costa Andrade, vulgo “Macaco”;
  • Alex Sandro de Araújo Ventura, “Tatuador”;
  • Anderson Gustavo Ferreira da Silva, vulgo “Gordofredo”;
  • Denilson de Andrade Júnior, vulgo “Pelado”;  
  • Francinaldo dos Santos da Silva, vulgo “Cinta Larga”;
  • Francisco Diego dos Anjos Albuquerque, vulgo “Diego Louco/Olhão”;
  • Antônio Gleimison Montenegro de Lima, vulgo “Salmista”;
  • Bruno Souza Carvalho, vulgo “F13/Bruno Fiel/Faixa Preta”.

Por A Critica

Compartilhe :

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no twitter
Twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *